FUJA PARA A NATUREZA!

Se existe uma grande vantagem no nosso esporte, é a possibilidade de realizarmos nossos treinos nos mais variados percursos, terrenos e caminhos. E uma destas opções, são os treinos em meio à natureza. Nunca fez? Não sabe o que está perdendo!

Estes treinos, além de nos fazer fugir um pouco da rotina, apresentam outras boas vantagens. Geralmente, esses locais são bem arborizados e mais frescos, o que dá um alívio neste calor absurdo que faz em nosso país.

Outra vantagem é a mudança do terreno, que normalmente varia entre terra batida e grama, o que causa um impacto bem menor em todas as articulações do corpo.  Além do que, entrar em contato com a natureza ao praticar o exercício pode ser mais satisfatório e prazeroso do que pensa.

Não é à toa, que cada vez mais cresce o número de corridas e competições deste estilo. Em todo Brasil, existem alguns circuitos exclusivos de corridas de aventura, com diversas etapas durante todo o ano em locais diferentes. Tenho conhecidos que deixaram de fazer as provas tradicionais e se dedicaram só a essas corridas.

Porém, como tudo na vida, devemos tomar alguns cuidados ao realizarmos estes treinos. Aí vão algumas dicas:

– Leve o máximo de equipamentos possíveis para sua hidratação, pois nem sempre você vai achar água disponível. No meu caso, levo pelo menos uma mochila de hidratação.

-Não se esqueça de levar alguma suplementação, pois o desgaste nesse tipo de treino é bem maior do que o normal. Gel, mel, barrinha de cereal, paçoquinha… O menu fica ao gosto do freguês!

-Pela falta de nivelamento do solo e a presença de lama em alguns pontos, você tem que ter ciência que caminhar durante alguns trechos é totalmente normal.

-Evite levar fone de ouvido. Assim, além de você aproveitar o barulho da natureza ainda fica atento a algo fora do comum que possa acontecer.

-Procure correr em trilhas conhecidas pelos corredores em geral. Além disso, tente programar o seu percurso com antecedência, não saia correndo por aí sem rumo.

-Procure estar sempre acompanhado de pelo menos um amigo. Não é muito indicado fazer uma trilha sozinho.

-No seu grupo, certifique-se que pelo menos uma pessoa esteja com o celular.

-Faça seus treinos durante o dia e nunca ao anoitecer.

-É comum cruzarmos com alguns animais no percurso. Cavalos, vacas, cabritos e principalmente cachorros. Na maioria das vezes eles são inofensivos, porém é sempre bom se certificar que não vão lhe atacar. Se não se sentir seguro, faça meia volta.

Seguindo estas dicas, você estará em segurança e poderá aproveitar melhor o seu treino.

Procure saber se na sua cidade ou região existe alguma trilha, esqueça o pace e vá em frente. A natureza te espera de braços abertos!

Abraços e boas corridas!

Comentários estão fechados.