A IMPORTÂNCIA DE SABER ESCOLHER SUAS PROVAS DE TRAIL

É notório que o trail run têm crescido muito no Brasil nos últimos anos. É cada vez mais comum vermos mais e mais pessoas correndo nas trilhas e curtindo a natureza.

Esse crescimento se reflete também nas provas, é claro. Há um verdadeiro “boom” de provas de trail em todo território nacional. Tem pra todos os gostos e distâncias! E isso é muito bom, é claro, não podemos negar.

Porém, isso também traz uma pequena preocupação: a escolha da prova.

Quando começamos a correr na rua, geralmente nos empolgamos com as primeiras provas de 5k e 10k, e saímos fazendo todas as corridas que vemos por aí. No começo é mais fácil mesmo.

Depois, com o tempo, vamos evoluindo e a tendência é escolhermos melhor as provas e nossos objetivos, afinal, não dá pra correr uma maratona por mês.

Passar a correr na trilha é como se fosse um recomeço. A empolgação inicial volta, e tendemos a querer fazer várias provas novamente. Só que na trilha, amigo, temos que ter mais cuidado com isso.

É fato que o trail run exige muito mais do atleta do que a corrida de rua. E não falo isso somente pelas subidas. O terreno irregular, descidas íngremes, dificuldades de locomoção em lugares hostis e outros fatores, fazem com que nos desgastemos muito mais.

Somando o fato que em provas nossa tendência é sempre dar aquele “algo a mais” do que nos treinos, corremos o risco, sim, de nos lesionarmos se não soubermos escolher as provas certas e traçar os objetivos.

Outro fator interessante nesta questão, é que com o aumento do número de provas, cresce também o número de “furadas”, quase que proporcionalmente. Semanalmente eu leio relatos de provas mal organizadas, mal planejadas que deixaram os atletas na mão.

Sendo assim, o Trilhando por Aí separou algumas dicas pra vocês:

– Escolha suas provas e foque no seu objetivo: Escolha 2 ou 3 provas no ano, converse com seu treinador e foque seu treinamento nelas. Você pode até usar provas menores como treinos, sem problemas, desde que você coloque na sua cabeça que é um treino, e não uma prova. Isso é muito importante.

– Pesquise antes de escolher sua prova: Dê uma olhada no histórico da organizadora, se há ocorrência de problemas constantes.

Não escolha sua prova apenas pelo valor: Quando falamos de trail run, escolher sua prova somente pelo preço nem sempre é um bom negócio, definitivamente! Muitas vezes, o barato sai muito caro.  Sua segurança não tem preço.

Escolha novos lugares: Trail run não é apenas uma corrida. É interagir com a natureza, é viajar é conhecer novos lugares. Portanto, procure escolher uma prova onde você possa fazer tudo isso, e até quem sabe levar sua família para um passeio agradável em um novo local.

Seguindo essas simples dicas, você poderá continuar curtindo suas trilhas, com muito menos riscos e com muito mais prazer!

Abraços e boas trilhas!

Comentários estão fechados.