RESENHAS DE PROVAS: CORRER NO MATO ETAPA FAZENDA HOTEL JATAHY

Salve , Salve , amigos corredores!

No último sábado, dia 20/08, participamos da Correr no Mato Series, Etapa Fazenda Hotel Jatahy. Como de costume, trazemos aqui uma resenha completa da prova.

Chegamos ao Fazenda Hotel Jatahy no dia anterior e fomos muito bem recebidos pelos simpaticíssimos  Carla e Hilton, os proprietários do hotel. Conforto, comida farta, contato com a natureza e paz… Tudo que queremos quando vamos para um hotel fazenda. O Jatahy foi uma grata surpresa!

 

Fazenda Hotel Jatahy. Nota 1000!!

À noite, junto com um belo jantar de massas, aconteceu o congresso técnico da prova, comandado por Adevan Pereira, criador da APTR.  Esse tipo de congresso é importantíssimo e acredito que deveria acontecer antes de qualquer prova de aventura. Ele mostra as dificuldades e demais detalhes fundamentais para que possamos fazer a prova da forma mais segura possível.

Como a largada estava marcada para às 8:30hs e estava hospedado no local da largada, pude dormir um pouco mais e descansar bem antes da prova. Não sem antes tomar um café da manhã farto e completo oferecido pelo Hotel.

Um ponto positivo da organização da prova, é que a entrega e kits não foi realizada somente no dia anterior, mas também no dia da corrida. E para provas em outras cidades, aonde muitas pessoas tem que viajar para correr, isso é fundamental.

Outra coisa bacana é que podíamos encher nossas mochilas de hidratação antes da prova com a estrutura da organização. Bola dentro!

Às 8:30hs, larguei para a minha prova. A distancia escolhida não foi a maior, de 25km, mas sim a de 12km, pois esta prova serviu de preparação para o objetivo final que são os 27km do APTR etapa de Arraial do Cabo dia 26/11.  Ainda tinha a distância de 6km para os iniciantes da trilha.

Logo antes do km 2, demos de cara com o primeiro desafio. Uma bela e assustadora subida, aonde todos os corredores iam ordenadamente em fila indiana e bem devagar. Impossível correr! Um belo começo!

Primeira subida. E aí, vai encarar?!

Seguimos pelas belas trilhas de Paraíba do Sul, subindo e descendo e curtindo aquele contato inestimável com a natureza. O clima agradável ajudava e muito!

No km 4, já estávamos com quase 300 metros de elevação acumulada, e passamos pelo primeiro posto de hidratação com água, água de côco, isotônico e frutas. Como era uma prova curta e minha mochila de hidratação estava bem cheia, não havia necessidade de parar neste ponto.

Seguimos no sobe e desce pelas montanhas do interior no Rio até chegar ao ponto mais crítico da prova, por volta do km 7. Era quase 1 quilômetro de subida bem íngreme, num terreno de areia fofa e irregular. O sol também começou a sair e deu uma castigada boa na gente. Fiz o excelente pace de quase 19 pra 1 neste trecho… Espetáculo, não?! Corrida de trilha é isso aí!

Sente o drama!

Depois disso fomos mais descendo do que subindo, sempre muito bem orientados pela sinalização da prova. Cada cor de fita representava um dos trajetos de 6, 12 ou 25k.  E elas eram da mesma cor das camisas da prova, uma excelente ideia!

No Km 9,5, chegamos ao último posto de hidratação pra galera que fazia o percurso de 12km. Parei, bebi uma água de côco bem gelada e segui para a parte final do percurso. A galera dos 25km se separou da gente ali para continuar seu caminho.

No finalzinho, peguei o trecho mais plano da prova e consegui fazer minha melhor parcial de pace, cerca de 6 pra 1.  Ainda passei por algumas subidinhas pra sofrer mais um poquinho, antes de chegar novamente ao hotel para concluir a prova em 2 horas e 11 minutos, com uma elevação acumulada de 630 metros. Foi pancada!

No final, sempre vale a pena!

Pra compensar tudo isso, fomos recebidos por uma bela feijoada com carne assada que nos esperava no restaurante do hotel. Foi pra fechar com chave de ouro, sem dúvidas!

Minha avaliação final é que foi uma excelente prova! Desde a organização, que não deixou faltar nada (hidratação, sinalização, ambulância e etc), até a parte técnica da prova que exigia bastante dos atletas, como uma prova de trilha dede ser. Isso sem falar do Hotel, que nos ofereceu toda estrutura necessária com o maior conforto possível!

A Correr no Mato sem dúvida vem pra ficar. Isso é uma ótima notícia!

No nosso canal no youtube, disponibilizamos um vídeo com os melhores momentos da prova. Dá uma olhadinha:

 

Na nossa fanpage , criamos uma álbum com mais de 70 fotos desse evento. Clique aqui e veja mais!

É isso aí pessoal… Até a próxima!

Abraços e boas corridas!

Comentários estão fechados.