RESENHAS DE PROVAS: TRILHA DO CAVEIRA 10K

Olá, amigos!

No último dia 09 de outubro participamos da 1ª edição da Prova “Trilha do Caveira”, organizada pela Spiridon. Como de praxe, hoje nós trazemos aqui para vocês uma resenha sobre mais esta prova.

O local escolhido foi a Serra do Matoso, em Itaguaí-RJ. Por ser uma novidade, já que não tinha conhecimento de nenhuma prova por lá, fiquei muito curioso em saber como seria. E o saldo final acabou sendo positivo!

A prova teve três distancias: 5 , 10 e 29k. Por estar treinando para o APTR de Arraial do Cabo em 26/11 na distância de 27k, achei prudente desta vez participar na distância de 10k e não forçar sem necessidade. Acabou sendo até “mais fácil” do que eu esperava. Vou explicar pra vocês.

Pra início de conversa, a prova foi toda muito bem organizada, com staff durante o percurso, postos de hidratação, organização, limpeza e etc. A única dica que eu daria para as próximas edições, seria colocar previamente a altimetria e variação de altitude do percurso para os atletas. Foi exatamente por isso que ela acabou sendo mais fácil.

Como não sabia o que me esperava, fui preparado para o pior. E quem já corre em corridas de trilha não se deixa enganar apenas pela distância da prova. Muitas vezes, 10k na trilha é bem pior que uma meia maratona no asfalto, pode acreditar!

Acontece que pra quem fez a distância de 10k, a prova tinha apenas uma subida. Uma subidinha de nível médio, do km 3,5 ao 5, aonde tínhamos que retornar para a chegada novamente. Uma elevação acumulada total de 250m. E pra quem fez os 5k, nem subida tinha.

O percurso nessas duas distâncias foi todo em estradas largas de terra, não passamos por trilhas fechadas nem pastos. O terreno do sonho de todos nós!

Já o percurso de 29k ficou mais de acordo com a realidade de uma prova de aventura, e teve uma altimetria que passou dos 1000m. Ponto positivo para a organizadora!

Bom, devido a soma dos fatores citados acima, a prova teve menos dificuldades do que eu esperava (nas distâncias de 5 e 10), mas nem por isso avalio mal a prova. Muito pelo contrário! Como já citei anteriormente, a Spiridon manteve seu nível de excelência em organização de grandes provas como a Maratona do Rio e Revezamento das Praias, se preocupando em primeiro lugar com a integridade, conforto e segurança dos atletas.

Por se tratar apenas da primeira edição, e levando em consideração o histórico positivo da organizadora, acho que a prova ainda vai evoluir bastante nos próximos anos. Espero que ela tenha vindo pra ficar de vez no calendário carioca de corridas de aventura.

Em nosso canal no youtube, vocês encontram um vídeo com um breve resumo do que melhor rolou nesta prova. Confiram lá!

Abraços, boas corridas, e até a próxima!

 

Comentários estão fechados.