A SAGA DA HIDRATAÇÃO NOS TREINOS

Quase todos os corredores já passaram ou passam até hoje pelo dilema da hidratação durante os treinos. O que usar? Mochila, cinto, porta-garrafa manual, garrafa na mão? São muitas as opções e as dúvidas também.

Nesta questão uma coisa é certa: A hidratação é fundamental para a prática da corrida e ela deve ser levada muito a sério. Não podemos jamais, sairmos para um treino sem o mínimo de programação para a hidratação.  É um pecado mortal!

Eu sou um que já usei  tudo que se possa imaginar (e gastei muita grana) em matéria equipamentos para hidratação. Aqui vão algumas dicas:

MOCHILA: A mochila tem como vantagem o volume de armazenamento possível. Para quem está treinando para provas mais longas é quase que indispensável. O problema é que a água esquenta muito rápido quando está calor. Por mais que você coloque bastante gelo , no meio do treino a água já está fervendo. Algumas pessoas também  se sentem incomodadas com a alça roçando nos ombros e o peso da mochila nas costas.

CINTOS DE HIDRATAÇÃO: Já experimentei vários cintos, desde os mais simples que suportam apenas uma garrafa pequena, até alguns que mais parecem o cinto do Batman, de tantas coisas que podemos carregar nele. Minha dica neste caso, é escolher um cinto bem resistente e de preferencia que tenha uma fivela seja de encaixe e não de velcro, pois este material perde toda sua aderência sob o efeito do suor e água em muito pouco tempo.

GARRAFA NA MÃO: Algumas vezes eu levo uma garrafinha na mão mesmo, mas só em treinos mais curtos. Ficar segurando muito tempo uma garrafa na mão pode ficar bem incômodo, acreditem!

Tem também aqueles que preferem sair sem nada, e parar pra comprar uma água no caminho. A meu ver, esta opção só serve para quem já conhece o local onde vai correr. Ir correr em um lugar novo, confiando apenas na intuição de que vai achar algum lugar pra comprar água é a maior roubada!

Eu, infelizmente, não tenho muita opção. Tenho o problema de transpirar muito (muito mesmo), e não consigo ficar muito tempo sem dar ao menos um golinho. Geralmente, bebo de 3k em 3k. Nos dias de maior calor, reduzo até para 2k.

É muito importante lembrar também, que não é necessário sentir sede pra beber água. Na verdade, quando você sente sede é que sua desidratação já está ficando avançada.

Bom, a verdade é que cada um se adapta melhor a um tipo de equipamento. Eu mesmo tenho todos que vocês possam imaginar cada hora uso um diferente.

Seja qual for o seu, o importante é nunca deixar de se hidratar.

E você, como faz pra se hidratar nos seus treinos?

Abraços

Comentários estão fechados.